Super Cooks (1989, MSX2)

Este artigo é uma continuação do post Fight! Golvellius, publicado no começo da semana. Ele não foi publicado junto com aquela matéria para ela não ficar muito extensa, além de não se encaixar bem com a proposta da coluna. Por isso, o apresentamos hoje, abaixo, na íntegra! — MSX Resources.

Golvellius nunca recebeu uma continuação propriamente dita, mas ele inspirou uma estranha paródia chamada Super Cooks, apresentado em um dos inúmeros Disc Stations da Compile. O engine do jogo é praticamente o mesmo do Golvellius para o MSX2. Você controla Kelesis novamente, mas aqui ele tem cabelo castanho ao invés de verde. Aparentemente, você é um “chef” de cozinha, e precisa caçar uma variedade de vegetais malignos, doces, frutas, cupcakes, e tudo mais. Ao invés de Ouro ou “Find”, sua moeda agora se chama “Dish” (Prato). Ao invés de bíblias, você compra livros de receitas.

Super Cooks apresenta cinco fases completamente novas, cada uma com um tema bizarro. Em cada fase, os NPCs aparecem usando diversos uniformes. A primeira fase é uma área com um tema geral de comida, e o dungeon se passa numa cozinha. Na segunda fase, todo mundo fala em inglês, e você precisa de um professor de línguas antes de conseguir que qualquer coisas faça sentido. isso leva à todo o tipo de diálogos hilários, especialmente quando os vendedores tentam dizer coisas como “I have not potion” depois de você comprar as suas mercadorias. Aqui os vendedores estão vestidos com uniformes de empregadas domésticas (e ainda assim são feias) e Randar tem um impressionante cabelo encaracolado. A terceira fase é baseada na culinária japonesa, com coisas como sushis e bolinhos de arroz. Aqui, Randar aparece como um samurai, e as fadas aparecerem vestindo kimonos. A quanta fase se passa na China, e você novamente precisa de um professor para entender o idioma. A quinta fase se passa na terra da sobremesa, e envolve uma sub-quest onde você precisa achar um par de lentes de contato para o Papai Noel. na batalha final, você luta contra Golvellius, que aparece vestido de bailarina. O jogo é absurdamente bobo, e é muito divertido.

A estrutura do jogo é um pouco diferente de antes. Nos jogos do Golvellius, você pode tecnicamente ir diretamente para o dungeon, sem comprar poções extras ou bíblias, mesmo que provavelmente você seja destruído pelo chefe. Em Super Cooks, você precisa realmente comprar todas as poções e livros de receitas, por que isso faz mais portas se abrirem, eventualmente levando á fase do dungeon. O grinding é um pouco menor, pois os inimigos ter dão mais dinheiro, mas há mais busca às cegas enquanto você tenta achar o seu próximo objetivo. Você também obtém uma arma diferente à cada fase – você começa com uma frigideira, e eventualmente acaba conseguindo um saleiro e pimenteiro, uma faca de cozinha, e um lança-chamas. Agora todos os dungeons são em ação lateral, mas felizmente não existem mais becos sem saída. Entretanto, para se chegar ao chefe, você precisa conseguir quatro pedaços de comida, que estão espalhados pela fase. Se você perder algum deles, você precisará recomeçar a fase desde o início.

Mesmo não sendo uma verdadeira continuação, Super Cooks é uma continuação inteligente e divertida da linhagem do Golvellius. Ele só foi lançado para o MSX2, e até agora não foi traduzido.

Confira mais fotos de Super Cooks na galeria no fim deste artigo.

Videos

Walkthrough (veja os vídeos seguintes, primeira parte abaixo)

Review de Golvellius (Super Cooks é mencionado no final)

Galeria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s