Companhias Coreanas de MSX – Parte 8: Open Production

Artigo originalmente publicado no site Hardcore Gaming 101, traduzido para o português pelo site MSX Resources, sob autorização.

열림 기획 Open Production

Fundada em:                          20 de Maio de 1992
Status: encerrada (última atividade registrada em 1998)
Pessoas-chave:                  Kim Eulsuk (presidente)
                    Koo Eunjoong (diretor, programador)
                     Lee Sanghun (diretor, programador)
                              Kim Heesu (CEO Open Tech)
                           Jeong Yeonggi (CEO CineOpen)
Website:                                         nenhum

Perfil:

No fim aliança Saehan Sangsa / Zemina, Kim Eulsuk abriu seu próprio estúdio independente, empregando vários ex-programadores da Zemina e freelancers como Koo Eunjoong, Lee Sanghun, Lee Kyuhwan e Lee Sangyoun (apesar dos últimos dois não ficarem na empresa por muito tempo). Um ano depois, eles se tornaram uma terceirizada à serviço da Daou Infosys, uma parceria que produziu mais jogos para consoles 8 bits que qualquer outra empresa na época. Outros produtos incluíam módulos de cheats para Mega Drive e Super Famicom (o primeiro era capaz de trasferir dados entre o console e o PC). No fim de 1993 Open anunciou sua fusão com a empresa de desenvolvimento pra PC, a Namu, com quem trabalharam em três jogos, mas no fim nenhum deles viu a luz do dia.

Dois anos depois do acordo mal-sucedido entre a Daou e a Innovation (veja o perfil da Daou), vários jogos da Open acabaram realmente chegando à novos mercados. Um distribuidor australiano de cartuchos não-oficiais, a HES, lançou em 1995 um cartucho chamado 4 Pak All Action, que continha quatro jogos do desenvolvedor coreano. Acredita-se que apenas 5.000 cartuchos foram produzidos.

Desenvolvimento do jogos para Mega Drive estavam nos seus planos, mas depois que a Daou Infosys parou de investir no mercado de consoles, a Open seguiu a mesma onda e redirecionou seus esforços totalmente ao PC, para o qual lançaram uma compilação de jogos emulados de MSX, com 64 jogos. Em 18 de março de 1996, a Open criou a companhia-irmã Open Tech, que seria responsável pela produção de periféricos e pela publicação de jogos, mas acabou também seguindo seus próprios interesses como fabricante de hardware de PC e tecnologias de rede. A Open Tech está na ativa até hoje, mas a Open original parece ter simplesmente desaparecido em algum momento em 1998, depois de experimentar todo o tipo de produtos, como máquinas de venda de pilhas, DVD/MP3 players com karaokê embutido e até aromatizadores de ambiente por controle remoto.

Em 1999, uma empresa chamada CineOpen, que re-utlizou o logotipo da Open, começou a publicar jogos e filmes russos, mas sua relação com a antiga Open é desconhecida.

Jogos:

원더키드 (Wonder Kid) / Adventure Kid – MSX, Master System (1992)

Wonder Kid (arte coreana)

O primeiro jogo da Open é provavelmente uma versão completa do jogo Wonsiin 2 (da Zemina, que nunca foi lançado), á julgar pelo tema e pela época de seu lançamento. O jogo é descrito como um clone de Wonder Boy / Adventure Island 2 e foi criticado pela sua fraca execução técnica, especialmente o scrolling, uma vez que o jogo surgiu no MSX e foi convertido para o Master System.

O jogo tem o cenário e elementos (como os dinossauros de montaria) do jogo Adventure Island II, mas também conta com fases verticais onde se deve chegar do fundo até o topo ou vice versa, lutas contra chefes à cada dois dos oito mundos, que tem 4 fases cada. Há também fases bônus e fases secretas, que podem ser acessadas coletando-se chaves invisíveis escondidas.

O cartucho coreano não reapareceu até agora, mas o jogo foi incluído no 4 Pak as Adventure Kid da HES. Ele havia sido mostrado em um anúncio da Innovation Technology, mas acabou tendo o mesmo destino de todas as outras localizações anunciadas pela Innovation.

Confira fotos do gameplay do Adventure Kid pra Master System na galeria no fim deste artigo.

레드위즈 (Red Wiz) – MSX, Master System (1992)

Arte de Red Wiz

Red Wiz foi anunciado juntamente com Wonder Kid, mas não existem evidências se este jogo realmente  existe ou não.

Galeria

Open Production também lançou jogos para Master System, Famicom, Mega Drive e PC-DOS, que não estão cobertos neste artigo. Para vê-los veja o artigo original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s