V9948: O Elo Perdido do MSX – Parte 1

Ontem, numa das várias discussões saudáveis da MSXBR-L, surgiu um assunto interessante: uns 10 anos atrás, surgiu um boato que o Ademir Carchano (do MSX Projetos, criador do MegaRAM, etc) e talvez outros fudebas brasileiros teriam em sua posse um raro datasheet de um VDP para MSX mais raro ainda, o V9948.

Várias teorias sobre este VDP existem até hoje (ou existiam até o fim daquela discussão na lista):

  • Este seria um VDP especial, usado apenas em alguns modelos de MSX2 coreanos;
  • Seria um VDP não lançado pela Yamaha;
  • Seria um possível clone do V9958 ou outro;
  • Seria apenas uma pegadinha de 1o. de Abril, que acabou, via internet, “trollando” usuários até na Europa.
  • E por aí vai…

Nesta mesma discussão, o Carchano não disse nem que sim, nem que não, o que atiçou a curiosidade de alguns leitores (incluindo eu mesmo). Com isso, deu-se início à especulação:

  • Se o V9938 retorna ID=0 e o V9958 retorna ID=2, deve existir um V9948, que retornaria o ID=1 faltante, certo …?
  • Veja a seguinte lista: V9938 (E-VDP); V9958 (MSX-VIDEO), V9978 (E-VDP-III). Com isso, faltaria o E-VDP II. Não seria esse o V9948?
  • A nomeclatura dos VDPs seguem em dezenas ímpares (V9938, V9958, V9978, V9990), logo a denominação V9948 fugiria do padrão, não?
  • V9948 não seria uma denominação válida para variantes, já que estas usavam letras (V9938C, por exemplo)

Então, como ficamos?

Pesquisando na internet, algumas informações interessantes foram aparecendo:

http://map.grauw.nl/articles/vdp_guide.php (cópia local)
Neste site, o autor diz que o modo SCREEN 9 estaria disponível apenas para MSX2 coreanos. Este seria um modo para caracteres hangul (“ideogramas” coreanos), e diz também que estes VDPs seriam V9948. Hummm….

http://en.wikipedia.org/wiki/Daewoo_CPC-300  (cópia local)
A Wikipedia (se estiver correta) dá uma luz sobre o assunto, dizendo que o SCREEN 9 seria apenas um SCREEN 6 modificado via software (MSX-BASIC customizado?), e que estes MSX2 coreanos usam na verdade um VDP V9938 normal, e que erroneamente considerou-se á princípio que este modo extra era um feature do próprio chip, e que este seria então chamado V9948.

Bem, isso praticamente mata a hipótese do V9948 ser um VDP customizado coreano. Mas será que ele existe, como protótipo ou outra forma? vamos continuar…

Pesquisando mais na internet, descobrimos que o V9948 não pode ser o “E-VDP II”, já que este seria o nome do V9958:

http://en.wikipedia.org/wiki/File:V9958_01.jpg  (cópia local)
http://en.wikipedia.org/wiki/File:V9958_02.jpg  (cópia local)
http://search.hitachi-solutions.co.jp/keyword/E-VDP-II.html  (cópia local)

Parece então que o nome “MSX-VIDEO” não é o nome do V9958, mas sim E-VDP II. MSX-VIDEO me parece mais um nome fantasia, assim como era o caso do MSX-AUDIO. O nome do chip em si é algo totalmente diferente.

Bem, se não existe um nome “vago” para o V9948, parece muito improvável que este existiu um dia… Mas se ele existisse apenas na forma de protótipo, que nunca se tornou um produto lançado no mercado? Só um datasheet ou um protótipo em carne e osso poderiam provar sua existência, Com isso, voltamos ao Carchano – se ele tem esse datasheet, que diga de uma vez, daí matamos essa charada finalmente!

E daí ele entregou o ouro! 😀

Segundo ele, tudo não passou de uma brincadeira, criada no meu das conversas dentro de um carro, na volta de um encontro no Rio em 2002:

[…] se quiser relatar os fatos do ocorrido por mim tudo bem, afinal são quase 10 anos, acho que já podemos compartilhar com todos o que foi maquinado naquela fatídica tarde na Via Dutra em 2002, além das definições do Educar, discussões sobre linguagem de programação em português, definições de funcionamento do micro, etc., etc..

Vocês não imaginam o que é ficar de 6 a 8 horas trancado num carro com um bando de NERD altamente capacitado discutindo o sexo dos anjos e ainda ter que dirigir.

Bem, aí temos a resposta! V9948 não existe, não passa de uma piada criada por alguns fudebas dentro de um carro, voltando pra casa 😀

O que eles não podiam imaginar que isso se tornaria algo considerado verdade até hoje, praticamente 10 anos depois, por grande parte da comunidade. Veja essa thread de emails, por exemplo (especialmente aqui e aqui) – os caras realmente acreditavam que tal chip existia, que alguém tinha o datasheet, e queriam cópias dele! Prova de como aquele velho ditado é bem verdadeiro: “uma mentira repetida várias vezes vira verdade”…

Mas como algo assim vira verdade, sem ninguém questionar? Citamos então novamente o Carchano:

Simples, ninguém me perguntou. Cada um tirou sua conclusão e deu nisso.

Bem, mas como foi dito nesta mesma discussão na MSXBR-L: a ausência de evidência não é evidência da ausência, certo? Vai que, mesmo sem o Carchano e seus amigos possuírem tal documento, este esteja por aí, esperando ser encontrado? Vai saber o que a Yamaha tem acumulando poeira em seu arquivos, e quantos protótipos diferentes existiram, mas nunca viram a luz do dia…

Sendo assim, uma pergunta ainda persiste: por que o ID dos VDPs pula de 0 para 2 do V9938 para o V9958? A resposta? Confira este blog AMANHÃ 😉

Encerramos por hoje!

Fonte: MSXBR-L

Agradecimentos ao Retro Canada, Leonardo Oliveira, André Tavares, Ademir Carchano, Kim Jun e outros usuários envolvidos nessa interessantíssima discussão 🙂

Obrigado ao Retro Canada pela sugestão para o nome deste artigo.

2 Respostas para “V9948: O Elo Perdido do MSX – Parte 1

  1. Pingback: V9948: O Elo Perdido do MSX – Parte 2 | MSX Resources

  2. Pingback: Página não encontrada | MSX Resources

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s