Modelo da Semana: Panasonic Turbo R FS-A1ST/GT

Olá pessoal!

Apresentamos hoje os MSXs Turbo R da Panasonic, os últimos MSX fabricados!

Padrão MSX Turbo R

Panasonic Turbo R FS-A1-ST

Na virada dos anos 80 para os 90, a plataforma MSX já estava ficando sem fôlego. Sendo atacada por todos os lados – computadores IBM PC e Amiga, assim como vídeogames da Nintendo e Sega – o mercado já não se interessava pelos computadores MSX como antes. Neste cenário, a ASCII planejava lançar o sucessor do MSX2+. Com seus adversário já em plataformas mais avançadas – 16 e 32 bit – ela planejava levar o MSX à nova geração com um processador RISC (possível origem do R em R800 e Turbo R?) 16 bit e um chip gráfico – o Yamaha V9978, como era denominado nos papéis pre-release – à altura desse processador.

Na teoria, estava tudo bem, mas no mundo real as coisas não funcionaram bem assim: a Yamaha atrasou o desenvolvimento do chipV 9978, o que obrigou a ASCII à rever os planos – assim a especificação Turbo R ficaria presa ao chip gráfico do seu predecessor, o MSX2+: o chip V9958. O novo chip só sairia 2 anos mais tarde (agora chamado de V9990), perdendo o MSX como alvo. Com isso a Yamaha removeu do V9990 toda a compatibilidade com as instruções para V9958 e o lançou para plácas gráficas para computadores IBM PC.

O MSX Turbo R possui 2 processadores: o Zilog Z80A original presente nos MSXs anteriores, e o novo chip R800, que trabalha a 7.16 Mhz (dobro da velocidade do Z80A. Assim, este computador operaria em dois modos – um compatível com as plataformas MSX/MSX2/MSX2+ e outra em 16 bits, usando o novo processador.

Claro que este novo processador era bastante interessante (e ainda o é) mas o chip gráfico 9958 não fazia jus ao processamento da máquina. E com o interesse em MSX sumindo do mercado, poucos desenvolvedores se interessaram em desenvolver algo que utilizasse o potencial desse novo computador.

Panasonic FS-A1ST

A Panasonic foi o único fabricante à produzir computadores seguindo o padrão Turbo R, e lançou-os apenas no Japão. Seu primeiro modelo foi FS-A1ST (seguindo a nomeclatura já utilizada em seus MSX2/2+), lançado em 1991.

Para um MSX, o A1ST era bastante completo, tanto em hardware como em software:

Hardware:

  • Drive de disquete 3 1/2 (dupla densidade, dupla face) embutido;
  • Relógio interno com bateria (como no padrão MSX2 em diante);
  • Conector para microfone;
  • MSX-MUSIC (agora não mais opcional, parte do padrão Turbo R).
Software
  • MSX-BASIC 4.0 (desenvolvido especialmente para o Turbo R);
  • Tela de boot gráfica, no mesmo estilo dos Panasonic MSX2+;
  • MSX-View (interface gráfica para MSX-DOS);
  • Editor de texto e planilha eletrônica;
  • KanjiROM.

Na verdade, a única coisa que faltava era a interface para fita cassette (logo o A1ST não era 100% compatível com o padrão MSX!) mas em 1991, isso já não era mais importante.

Panasonic FS-A1ST - Visão traseira

Apesar de completo, o A1ST não era perfeito – ele possuía alguns bugs, principalmente um onde o ruído interno dos componentes digitais causava erros. Como isso, a Panasonic lançou em 1991 o seu sucessor, o FS-A1GT, uma revisão do A1ST:

Panasonic FS-A1GT

Panasonic FS-A1GT

Entre as diferenças do A1GT em relação o seu antecessor são:

  • Nosso layout de placa interna (para combater o ruído);
  • MSX-BASIC 4.1, com extensões MIDI;
  • MSX-MIDI embutido, com conectores de entrada e saída;
  • RAM aumentada de 258kb para 512 kb.

Mas infelizmente o A1GT não reinou por muito tempo: com a queda de interesse no MSX cada vez maior, a Panasonic desistiu de investir na plataforma, e focou seus esforços em sua nova plataforma multimídia, o 3DO, lançado eum 1992.

Existem rumores de que a Panasonic tinha planos para um terceiro Turbo R (FS-A1XT?), que utilizaria o novo chip gráfico V9990, mas este computador não seria totalmente compatível com softwares anteriores, devido ao corte de suporte legado do V9990. Mas aparentemente esta perda de suporte legado impossibilitou totalmente o projeto.

Não é necessário dizer o quanto um A1GT é disputado por colecionadores e entusiastas. Afinal, além de ser o último modelo de MSX jamais feito, ele é também o mais poderoso, além de ser considerado o MSX mais bonito esteticamente, segundo muitos fãs.

Ficha Técnica

NOME                   FS-A1ST/GT
PADRÃO                 MSX Turbo R
FABRICANTE             Panasonic
PAÍS  	               Japão
ANO  	               1990 (ST), 1991 (GT)
PROCESSADORES          Zilog Z80A, R800 (RISC 16 bit)
SOFTWARES INCLUSOS     Microsoft Extended Basic (MSX-Basic V4.0, MSX-Basic 4.1 no GT)
                       Editor de texto
                       Planilha eletrônica
                       Programa demo
TECLADO                QWERTY mecânico completo
RAM  	               256 kb (ST), 512 kb (GT)
                       16 kb S-RAM
RAM  	               128 kb
ROM  	               32 kb (MSX-Basic)
                       + 32 kb (MSX-Basic sub-rom)
                       + 16 kb FM-Basic ROM
                       + 16 kb (MSX Disk ROM)
                       + 16 kb (Kanji Basic)
                       + 2 MB (editor de texto, planilha eletrônica e programa demo)
                       + MSX-JE ROM (3200 caracteres)
PORTAS ENTRADA/SAÍDA   2 entradas de joystick
                       2 slot de cartucho
                       Saída de vídeo RGB
                       Saída de vídeo A?V (RCA)
                       Porta paralela (impressora)
                       Drive 3 1/2 embutido
                       Entrada de microfone
                       Entrada e saída MIDI (apenas GT)
HARDWARES EXTRAS       MSX-MUSIC
                       Sintetizador PCM
                       MSX-MIDI (apenas no GT)

Fonte: Old Computers (1), (2), HCM, Wikipedia, Ultimate MSX FAQ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s