Spectravideo, o Avô do MSX

O nome Spectravideo é um tanto desconhecido aqui no Brasil. Trata-se de uma linha de computadores que foi bastante popular nos Estados Unidos e certos países da Europa nos anos 80, mas nunca veio para cá. A Spectravideo foi fundada em 1981 (sob o nome Spectravision, mas mudou de nome no fim de 1982), e começou sua carreira publicando jogos de Atari, Colecovision e VIC-20 programados por terceiros, e fez enorme sucesso com o QuickShot, o primeiro joystick ergonômico do mundo. O sucesso financeiro dessa empreitada tornou a empresa mais ousada, que então decidiu lançar seu próprio sistema.

No começo de 1983, a Spectravideo anunciou seu primeiro computador, o SV-318, que possuía características bem interessantes. Fruto de uma parceria da empresa com a Bondwell de Hong Kong (responsável pela fabricação e ASCII Corporation do Japão (design do sistema), possuía um processador Z80, chip gráfico TMS9918A e RAM e VRAM de 16k, e contava com um ambiente BASIC, criado pela Microsoft, instalado (parece um pouco familiar?).

Spectravideo SV-318

Kazuhiko Nishi, vice-presidente de operações da Microsoft no Japão, viu o potencial do hardware desenvolvido para o SV-318 (e SV-328) e com apoio da ASCII, quis desenvolver um padrão mundial de microcomputadores pessoais. A Spectravideo concordou com a idéia, e a ASCII realizou algumas mudanças no design original. Mais tarde em 1984, a Spectravideo licenciou o design do hardware para a Microsoft e com isso surgia o padrão MSX, pertencendo à ASCII e à Microsoft. Este licenciamento injetou fundos vitais ao caixa da empresa, que estava com problemas financeiros.

A Microsoft contribuiu para a plataforma com o desenvolvimento do seu BASIC e da versão do MS-DOS para ela.  Bill Gates estava bastante entusiasmado com este novo padrão, e via nele uma ótima opção para o mercado doméstico. Mais tarde esta postura iria mudar, uma vez que os PCs começaram a entrar no mercado doméstico, o que colocaria o MSX em direta competição com sua galinha dos ovos de ouro, o padrão IBM PC. Mais tarde, Kazuhiko Nishi deixaria a Microsoft para ingressar na ASCII, para dedicar-se ao MSX.

Spectravideo SV-328

O segundo computador da Spectravideo, o SV-328 foi basicamente o protótipo do MSX, já apresentando basicamente o mesmo hardware (memória de 64k e ROM de 32, como se tornou padrão nos MSX1), mas possuía ainda algumas diferenças, como a BIOS, pinagem de cartuchos e formato de disco, que o impedia de ser totalmente compatível com o padrão. Mas isso não impediu a Spectravideo de divulgar seu produto como compatível com futuros lançamentos para MSX, o que não era verdade. Seus anúncios até mesmo continham o logotipo do MSX (veja o anúncios abaixo), o que causou certa confusão entre os usuários. Apenas seu sucessor, o SVI-728, seria totalmente compatível com o padrão.

Anúncios SV-318 / SV-328

Em 1984, a Spectravideo mudou novamente de nome, desta vez para SVI (Spectravideo International), agora tendo representação em várias partes do mundo, como Estados Unidos, Austrália, Europa, Israel e África do Sul. Com isso, a nomeclatura de seus computadores também mudou, de SV para SVI. E assim o seu primeiro MSX foi lançado, com o nome de SVI-728 e vendeu 25 mil unidades no mundo todo. Apesar de vender bem na Europa, suas vendas nos EUA era bem fracas, o que causou o fechamento da Spectravideo US em 1985, uma decisão tomada pela Bondwell Holding, que fabricava o hardware e era acionista majoritário da companhia. Com isso, todas as operações da empresa mudaram-se para Hong Kong.

Anuncio finlandês do Spectravideo SVI-728

Agora sob nova direção, a SVI lançou ainda mais dois MSXs: o SVI-738 X’Press (um MSX1 “portátil”, com modo 80 colunas nativo) e o SVI-838 (um híbrido PC-XT/MSX2!), além de lançar versões revisadas dos antigos SV-318 e SV-328 (conhecidos como MkII), usando arquiteturas de chip único, para barateamento de custos.

Spectravideo SVI-738 X'Press

Mas como sabemos, tudo acaba um dia. Em 1986, a SVI abandonou completamente o padrão MSX, dedicando-se exclusivamente ao IBM PC.

Spectravideo SVI-838

Fonte: Roger’s Spectravideo Page

About these ads

2 Respostas para “Spectravideo, o Avô do MSX

  1. Pingback: MSX Info Pages | MSX Resources

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s